Publicado em 28.12.2017 - Projetos - Sem comentários

A campanha “Lacre do Bem” foi criada em 2013 por Julia Macedo, quando tinha 9 anos. Consiste em arrecadar lacres de latinhas de alumínio para vender à reciclagem e com o dinheiro arrecadado comprar cadeiras de rodas que são doadas para pessoas com deficiência.

Julia teve a iniciativa de criar o “Lacre do Bem” depois de receber um agradecimento em forma de bonequinhos de papel (origami) da Creche Tia Dolores, que cuida de crianças com paralisia cerebral, após uma doação que fez à essa instituição. Ela guardou em seu coração a vontade de ajudar mais um pouco a creche.

No início, sua ideia consistia apenas em recolher lacres das latinhas que encontrasse pelo caminho. Foi muito difícil, pois juntar tantos lacres não é tarefa simples para tão pouca gente. Mas Julia tinha determinação: fazia bilhetinhos todos os dias e entregava na escola, pedindo às pessoas que colaborassem recolhendo lacres. Foi assim que chamou a atenção de colegas, professores, amigos e parentes, ao ver que sua atitude poderia ajudar muita gente.

Depois de dois meses juntando lacres, só tinham menos da metade de uma garrafa PET de 2 litros. A mãe de Julia mostrou à ela a quantidade de lacres que haviam recolhido, no intuito de fazê-la desistir. Mas ela, com os olhos brilhando, disse: “Que tanto!”. Todos olhavam a parte vazia da garrafa, e ela a parte cheia… Essa forma positiva de ver as coisas foi uma lição muito grande para todos e o grande motivo para continuarem.

  • Projeto lacre do Bem
  • Projeto lacre do Bem
  • Projeto lacre do Bem
  • Projeto lacre do Bem
  • Projeto lacre do Bem
  • Projeto lacre do Bem